sábado, 15 de outubro de 2011

"Veio, pois, Naamã com os seus cavalos e seus carros e parou à porta da casa de Eliseu. Então, Eliseu lhe mandou um mensageiro, dizendo: Vai, lava-te sete vezes no Jordão, e a tua carne será restaurada, e ficarás limpo. Naamã, porém, muito se indignou e se foi, dizendo: Pensava eu que ele sairia a ter comigo, pôr-se-ia de pé, invocaria o nome do SENHOR, seu Deus, moveria a mão sobre o lugar da lepra e restauraria o leproso. Não são, porventura, Abana e Farfar, rios de Damasco, melhroes do que todas as águas de Irael? Não poderia eu lavar-me neles e ficar limpo? E voltou-se e foi com indignação. Então, se chegaram a ele os seus oficiais e lhe dirreram: Meu pai, se te houvesse dito o profeta alguma coisa difícil, acaso, não a farias? Quanto mais, já que apenas te disse: Lava-te e ficarás limpo. Então, desceu e mergulhou no Jordão sete vezes, consoante a palavra do homem de Deus; e a sua carne se tornou como a carne de uma criança, e ficou limpo." (2 Reis 5:9-14)

Mergulhar. Naamã apenas tinha que mergulhar nas águas do rio Jordão e, assim, ficaria sarado de sua lepra. Mergulhar.

Já pensou quantas vezes você mergulha de cabeça em alguns projetos, sonhos, situações, relacionamentos? Já se viu completamente envolvido por algo que você simplesmente não conseguia deixar de fazer porque isso te alegrava e te fazia se sentir completo? Há muitas dessas situações em nossa vida, com certeza! Mas então, um dia você ouve falar de Deus... Mas que Deus é esse que pode curar o meu interior, sarar as feridas da minha alma...? Que Deus é esse? Quero esse Deus pra mim! Você pensa, ou diz em voz alta! Aí você começa a ir a igreja, ou a frequentar uma célula, um grupo de estudos sobre a Palavra de Deus. Até aí, tudo bem, tudo é novidade e você se empolga. Mas chega um momento em que você começa a perceber que é necessário algo mais para conhecer esse Deus que faz brilhar a face de tantas pessoas ao seu redor... Existe uma entrega, ás vezes dolorosa, mas necessária. Existe um rio, no qual você precisa respirar fundo e mergulhar! Nesse rio você vai se encontrar consigo mesmo e..., sim, com Deus. 

Você, à princípio caminha pelas bordas, desconfiado. Afinal de contas você não conhece essas águas e não consegue perceber a profundidade do rio. Naamã viu um rio sujo! Não quis entrar nele, pelo contrário, se indignou. Em seu coração ele pensou: 'Como posso eu, general de um exército, com fama e reconhecimento, mergulhar nessas águas sujas??'. Vaidade de vaidade..., já dizia Salomão! Naamã enxergava apenas aquilo que seu orgulho o fazia ver. Deus, ao contrário, sempre enxerga algo mais. Ao dar o primeiro mergulho, Naamã venceu o orgulho, só depois disso é que ele conseguiu mergulhar de fato no rio.
O Senhor me disse a seguinte frase algumas semanas atrás: 'Se é pra mergulhar, que seja de corpo inteiro'. Conhecer a Deus requer entrar na Sua profundidade e isso só é possível se mergulharmos nas águas do Espírito Santo de Deus. Como? Vencendo o orgulho. Vencendo o medo, a desconfiança, a insegurança, a vaidade. Talvez você precise vencer apenas um destes, talvez mais de um. Você pode declarar com sua boca que quer conhecer a Deus e ser como aquele cristão que você conhece, que sempre diz que tem ouvido a voz de Deus. Para isso, precisa sair da borda, caminhar até o rio e mergulhar na Essência de Deus, nas águas do Espírito. Para tal, só precisa abrir seu coração verdadeiramente, sem máscaras, sem palavras escolhidas ou medidas. Apenas pura e sinceramente.

Lembro que quando comecei a frequentar a igreja, chegava e me ajoelhava diante do altar, e ali orava pedindo a Deus pra me tomar pela mão e conduzir à Sua perfeita vontade. Pra me dar um coração e mente como os de Cristo. E chorava... Assim, dei meus primeiros mergulhos e comecei a conhecer tudo de mais sujo que havia em mim e precisava ser mudado. Mergulhar no rio, é permitir ao Senhor entrar, habitar em sua vida e limpar o seu interior para que dele fluam rios de água viva. O Pai fez sua parte, enviando Jesus que é a nossa ponte, nossa ligação direta com o Pai; e o Espírito Santo, que é nosso Consolador mais querido...!

Talvez você ainda esteja parado na borda do rio, ou na ponta da ponte, pensando se deve ou não mergulhar. Meu conselho? Bem, mergulhe e conheça as profundezas do amor cuidadoso do Pai! Amor que cuida até mesmo na tristeza, pois diante do Senhor até a tristeza pula de alegria...!

Preciso do teu amor
Vou mergulhar nas águas do Espírito
Quero beber dos Teus rios
E saciar a sede
Da minha alma
Quero ir mais fundo Senhor
Deixa o Teu rio me levar
Vem senhor frutifica
o deserto da minha alma
por onde esse rio passar
tudo vai mudar
preciso do teu perdão...
(Soraya Moraes)

Que o Espírito Santo de Deus, o amor do Pai e a graça de Cristo Jesus sejam sobre sua vida abundamente. Como as águas que correm do trono de Deus...

1 comentários:

Anônimo disse...

Que Palavra tremenda!
Tomo posse dela pra minha vida... quero ser determinada no Reino do Senhor... quero mergulhar nas Suas águas profundas. Glórias ao que é Único e Digno, Jesus!!!

-ThaísGon.

15 de outubro de 2011 22:11

Postar um comentário

Que a graça, o amor, a mansidão e as misericórdias do Senhor sejam sobre sua vida!

 

©2009Vinho de Rosas | by TNB